Longas Metragens

A Mulher da Luz Própria, Sinai Sganzerla (2019, 81´ Doc, SP)

Sinopse: Helena Ignez é uma das principais personalidades femininas do cinema brasileiro. Inaugurou um novo estilo de interpretação e hoje dirige filmes independentes. O documentário descreve parte da história do cinema, o contexto político e sua trajetória.

Ficha Técnica:

Elenco: Helena Ignez, Rogério Sganzerla, Glauber Rocha, Júlio Bressane, Luiz Gonzaga e Grande Otelo
Direção: Sinai Sganzerla
Realização: Mercúrio Produções
Argumento, roteiro e pesquisa de conteúdo: Sinai Sganzerla
Pesquisa em acervos cinematográficos: Lucio Branco, Ludmila Patrício
Montagem: Claudio Tammela
Motion design: Rodrigo Lima
Cor: Fabrício Batista, João Marcos de Almeida
Conform e pós-produção: Alexandre Barros
Pesquisa e tratamento iconográfico: Lucio Branco
Finalização de imagem: Base Post
Edição e mixagem de som: Jesse Marmo, Vinícius Leal
Fotografia e imagens atuais: Toni Nogueira, Maria Flor Brazil, Yadu Vijayakrishnan
Letreiros: João Marcos de Almeida
Mixagem de som: Audiorama Filmes

Redes Sociais:

https://www.facebook.com/sinai.sganzerla
https://www.facebook.com/MercurioProducoesLTDA/
https://www.instagram.com/mercurio_producoes/

Homens Pink, Renato Turnes, (2020, 51´ Doc, SC)

Sinopse: Nove homens gays compartilham suas memórias com o ator e diretor Renato Turnes. Os primeiros desejos, o despertar da sexualidade, o fervo da juventude gay num país sob a ditadura militar, a devastação da epidemia da AIDS, o enfrentamento das perdas e do estigma, a festa como território de resistência. As reflexões sobre a passagem do tempo e o envelhecer do homem gay no Brasil de hoje nas vozes de orgulhosos sobreviventes.

Ficha Técnica:

Direção e Roteiro: Renato Turnes
Produção Executiva e Direção De Produção: Milena Moraes
Coordenação De Difusão: Loli Menezes
Direção De Fotografia e Operação De Câmera: Marco Martins E Breno Turnes
Edição e Finalização: Marco Martins
Trilha Sonora Original: Hedra Rockenbach
Edição de Som: Marco Martins
Tratamento De Som e Mixagem: Brunno Ogibowski
Arte Gráfica: Ricardo Rodrigues
Legendagem: Loli Menezes
Tradução: Esteban Campanela (Espanhol) e Vinícius Horst (Inglês)
Acessibilidade: Tagarelas Produções
Depoimentos: Carlos Eduardo Valente, Celso Curi, José Ronaldo, Julio Rosa, Eduardo Fraga, Luis Baron, Tony Alano, Paulinho Gouvêa E Wladimir Soares.

Redes Sociais:
https://www.facebook.com/turnes
https://www.instagram.com/renatoturnes

Madame, André da Costa Pinto e Nathan Cirino, (2019, 80´ Doc, RJ )

Sinopse:
O documentário conta a história de Camille Cabral, mulher nordestina, trans, primeira brasileira eleita na França. Na defesa dos direitos humanos, ela dedica sua vida em favor das transexuais e profissionais do sexo. Do Nordeste à Europa, sua jornada traduz o mais humano dos pleitos: dignidade.

Ficha Técnica:

Produtora: Liara Castro
Produtoras executivas: Jaqueline Neves e Liara Castro
Diretores: André da Costa Pinto e Nathan Cirino
Direção de fotografia: João Carlos Beltrão
Técnico de som: Guga Rocha
Montagem: Marcia Medeiros
Finalização: Marmo Entretenimento
Produtores de finalização: Guga Nascimento e Fernanda Figueira

Redes Sociais:
https://www.instagram.com/nathancirino
https://www.instagram.com/andredacostapinto

Que os Olhos Ruins Não te Enxerguem, Roberto Maty (2019, 74´Doc, SP)

Sinopse: O documentário “Que os olhos ruins não te enxerguem” se propõe a discutir a diversidade de gênero, classe e raça dentro da comunidade LGBTQIA+ na cidade de São Paulo.

Ficha Técnica:

Produção coletiva: Allan Cunha, Edilene Moreira, Roberto Maty, Lico Cardoso, Daniela Soledade, Deh Coutinho, Thabata Vecchio e Escobar Franelas
Entrevistades: Nenesurreal, Ca Jota, Vicky Flawless, João Paulo, Kairos Castro, Milena Marine, Luana Hansen, Patrícia Meira, Luz X e Gabriel Matos
Performance: Satine
Direção e Argumento: Roberto Maty
Co-direção: Thabata Vecchio
Roteiro: Roberto Maty, Lico Cardoso e Cibele Appes
Produção Executiva: Lico Cardoso
Direção de Fotografia: Allan Cunha
Som Direto: Escobar Franelas, Edilene Moreira e Marco Faria
Videoarte: Juno Araújo
Finalização: Lico Cardoso
Montagem (Longa): Cibele Appes
Montagem (Webdoc): Edilene Moreira
Finalização de Som e Mixagem: Cairo Braga Color Grading: Douglas Barros
Web Designer e Plataforma: Lico Cardoso

Redes Sociais:
https://www.instagram.com/robertomaty_/

Miss Amazonas, Rafael Polar (2019, 80´Doc, Peru)

Sinopse: O presente longa-metragem é um documentário que retrata as histórias de vida de algumas das candidatas finalistas ao concurso de beleza trans mais duradouro da América Latina: a “Miss Amazonas”. Vemos como os competidores transformam, não apenas seus corpos, mas também sua autoimagem, envolvendo um processo de aprendizagem de descoberta, autovalorização, (re) afirmação das identidades de gênero e da imagem que desejam projetar com seus corpos.

Ficha Técnica:

Direção: Rafael Polar / Edição: Fabiola Sialer / Produção: Rafael Polar / Fotografía: Rafael Polar, Carlos Sánchez Giraldo, Luis Chumbe / Som: Omar Pareja
Música original: Gonzalo Polar Pin
Protagonistas: Christina Vela, Fiorella Del Águila, Dayanara Mori, Camila Torres, Krlos Vela, Saor Sax

Redes Sociais:
https://www.facebook.com/missamazonasdocumental
https://www.instagram.com/missamazonas_eldocumental/
https://instagram.com/errepepe/
https://www.facebook.com/erre.pepe.3